Autenticação

Qual a importância da validade de documentos digitais na área da saúde?

O setor de saúde está fazendo uma transição gradual de documentos tradicionais em papel para documentos digitais. Essa mudança se deve em grande parte à crescente acessibilidade da tecnologia, que permite um compartilhamento de informações mais rápido e seguro.

No entanto, com esta mudança surge a necessidade de uma maior validação dos documentos digitais para garantir a sua exatidão e segurança.

Para entender melhor a importância da validade de documentos digitais para as instituições de saúde, continue a leitura do artigo até o final.

O uso de documentos digitais no setor de saúde

Basicamente, documentos digitais são arquivos criados e armazenados eletronicamente, em oposição ao papel.

Há muitos benefícios em usar documentos digitais no setor de saúde. Talvez o benefício mais óbvio seja que as versões digitais podem ser facilmente acessadas ​​e compartilhadas por profissionais e instituições de saúde em qualquer lugar do mundo. Isso torna a colaboração muito mais fácil e rápida, o que pode levar a um melhor atendimento ao paciente.

Outro benefício dos documentos digitais é que eles costumam ser mais seguros do que esses mesmos arquivos em papel. Isso ocorre porque os “papeis” digitais podem ser protegidos por senha e criptografados, tornando-os muito mais difíceis de serem acessados ​​por pessoas não autorizadas.

Além disso, é possível fazer backup dos arquivos com facilidade, portanto, não há risco de perda de informações importantes se uma cópia física for danificada ou perdida.

A necessidade da validação de documentos digitais em instituições de saúde

Com a crescente adoção de documentos digitais no setor de saúde, vem o aumento da necessidade de validação destes arquivos. Isso é necessário para garantir a segurança e precisão das informações que estão sendo compartilhadas.

No entanto, a validação de documentos digitais pode ser um processo complicado. Existem muitos tipos diferentes de arquivos que podem ser usados ​​no setor de saúde, e cada um pode ter suas próprias especificidades técnicas.

Isso significa que é importante que os profissionais de saúde tenham o conhecimento necessário para realizar esse processo de validação antes de compartilhá-los.

Além disso, é fundamental que as instituições de saúde estabeleçam protocolos claros para a validação de documentos digitais para garantir que todos os envolvidos estejam cientes dos procedimentos a serem seguidos.

Garanta a precisão e a segurança dos documentos digitais em sua instituição de saúde

Como já foi dito, a validação de documentos digitais pode ser um processo desafiador, mas essencial para garantir a segurança e a precisão das informações que estão sendo compartilhadas.

Existem vários passos que podem ser seguidos para garantir que um documento digital esteja sendo validado de forma adequada.

O primeiro passo é garantir que todos os profissionais envolvidos no processo de validação estejam treinados e familiarizados com o tipo de documento que está sendo validado. Isso inclui entender as especificidades técnicas do arquivo e o software que está sendo usado para criá-lo.

O segundo passo é ter protocolos claros sobre como os documentos digitais devem ser validados. Isso inclui designar uma pessoa responsável pelo processo e estabelecer um passo-a-passo para a validação.

O terceiro passo é executar o processo de validação propriamente dito. Isso pode incluir verificar a precisão do conteúdo do documento, testar o software usado para criá-lo e garantir que todas as informações estejam intactas e seguras.

Por último, mas não menos importante, é indispensável documentar o processo de validação para garantir que possa ser repetido no futuro se necessário. Isso inclui registrar quem realizou a validação, quando ela foi realizada e o resultado final do processo.

Embora seja um procedimento considerado complicado, essa jornada pode ser otimizada com o uso da tecnologia.

O uso tecnologia para garantir a validação dos documentos digitais

A utilização da tecnologia para garantir a validação dos documentos digitais nas instituições de saúde é um recurso cada vez mais importante para assegurar a segurança e a confiabilidade dos dados.

Com a proliferação de sistemas informatizados e a crescente complexidade das redes de comunicação, é crucial que as instituições de saúde sejam capazes de verificar a autenticidade e a integridade dos documentos digitais que circulam em seus ambientes.

A falta de padrões para a criação e assinatura de documentos digitais pode dificultar a verificação da autenticidade.

Para garantir a segurança dos dados, é importante que as instituições de saúde sejam capazes de verificar a validade de todos os documentos digitais que recebem

Existem diversos recursos tecnológicos que podem ser utilizados para garantir a validação dos documentos digitais nas instituições de saúde. Um dos mais comuns é a utilização de assinaturas digitais.

Basicamente, as assinaturas digitais são códigos gerados a partir de um arquivo eletrônico que podem ser usados para verificar a autenticidade do documento. Outro recurso tecnológico que deve ser utilizado para garantir a validação dos documentos digitais é o uso de criptografia.

De forma resumida, a criptografia é um processo que permite que um arquivo seja transformado em um código ilegível, o que impede que o documento seja alterado ou manipulado.

Um exemplo prático do uso da tecnologia em benefício das instituições de saúde é a integração das soluções da Memed e E-val Saúde. Integrada a todas as autoridades certificadoras ICP-Brasil do mercado, a Memed através de sua solução de receituário digital garante às instituições de saúde:

  • Alto nível de segurança: integrados com os servidores da E-VAL Saúde, através do serviço de cofre digital para gestão e armazenamento de certificados da instituição.
  • Economia de tempo: uma única autenticação, no início dos atendimentos, permite que todas as receitas digitais sejam emitidas com certificado ICP-Brasil durante o período de tempo pré estabelecido (ex: 12 horas).

 

​​​​​​​

 

A importância de manter documentos digitais compartilháveis ​​e confidenciais

Uma das maiores vantagens dos documentos digitais é que elas permitem que importantes informações sejam facilmente compartilhados, mantendo a confidencialidade da instituição de saúde.

Os documentos digitais são uma parte importante das instituições médicas e, portanto, crucial que sejam mantidos protegidos. Felizmente, existem muitos recursos tecnológicos à nossa disposição que podem ajudar a tornar o processo de validação mais fácil.

Ao validar adequadamente os documentos digitais, podemos ajudar a garantir a precisão das informações compartilhadas e ajudar a manter dados de hospitais e pacientes seguros.

A solução Madics Sign permite instituições de saúde façam a digitalização e validação de documentos

O E-VAL Madics Sign é uma aplicação preparada para usar o certificado digital gratuito do CFM. Além disso, suporta sistemas como: MV, TASY, MEMED, NEXODATA e todas as integrações relevantes.

O Madics Sign¸ a solução ideal para o gerenciamento de prontuários digitais. Ele combina assinaturas eletrônicas avançadas e qualificadas, para serem usadas conforme as necessidades do hospital.

Compatível com certificados de qualquer autoridade certificadora (AC) ICP-Brasil, é um sistema versátil e transparente para prontuário e operação.

Com uso do  Madics Sign o hospital eliminará os gastos com registro em papel

A solução MADICS Sign oferece os recursos necessários para adoção do modelo em conformidade com a resolução 2299 a partir de suas APIs para geração de assinaturas eletrónicas qualificadas e também avançadas, utilizando certificados ICP-Brasil, o que permite gerenciar e autorizar todas as chaves e certificados de assinatura eletrônica do mercado com objetivo de atender múltiplas Autoridades Certificadoras.

Oferecida pela E-VAL Saúde, O MADICS Sign é uma solução de assinatura eletrônica integrada ao prontuário eletrônico do paciente (PEP) que ajuda instituições de saúde a eliminarem papel em seus processos médicos e no uso da receita digital e atestados médicos. 

O MADICS Sign é a maneira mais fácil de eliminar o papel do hospital, melhorando a colaboração entre os médicos, enfermeiros e equipe multi, criando uma experiência incrível.

Considerada a solução mais indicada para eliminação do registro impresso do prontuário, o MADICS Sign se apoia na legislação vigente sobre a validade jurídica de documentos eletrônicos assinados digitalmente e nas resoluções que regulamentam a infraestrutura de certificação digital brasileira e o uso de certificados digitais no setor da Saúde. ​

A solução permite a autenticação do usuário integrada ao sistema de prontuário. O hospital ou seu representante chancelam digitalmente o registro do prontuário e o registro de autenticação do profissional de saúde, garantindo a inalterabilidade do prontuário e autenticação, gerando uma evidência verificável por terceiros.​

Além disso, o MADICS Sign é um sistema híbrido que mantém a assinatura digital ICP-Brasil, transparente para o sistema de prontuário e operação.​ O hospital poderá manter parte dos usuários assinando digitalmente de acordo com sua avaliação.

E-VAL Saúde, uma empresa do Grupo E-VAL

A E-VAL Saúde é a pioneira em Assinatura Digital e a única com foco 100% na área da saúde. Nossas soluções são totalmente customizadas para hospitais, clínicas, laboratórios e operadoras. 

Nosso portfólio de produtos oferece diversos benefícios, entre eles: assinatura digital dos prontuários do paciente atendendo todos os requisitos legais, redução de custos, alto desempenho e a eliminação definitiva do papel com o prontuário eletrônico do paciente de saúde.

A E-VAL Saúde é uma empresa do Grupo E-VAL que há mais de 11 anos oferece tecnologia que transforma a área de saúde, especializada em transformação digital, eliminando papel em hospitais, clínicas, laboratórios e operadoras, assim como na proteção de dados para este segmento.