Segurança Digital

Como definir a estratégia de segurança digital do hospital?

A cada dia que passa, os modelos de atendimento dos hospitais têm se tornando mais cuidadosos. Essa tendência é acompanhada diretamente pelo crescimento de ameaças. Afinal, elas comprometem a segurança digital desde os primórdios de sua existência. Por isso, a cibersegurança é um tema recorrente nos espaços das instituições em que dados de grande importância, como dados de saúde do paciente, precisam de proteção.

A complexidade dos modelos de atendimento dos hospitais pode acarretar ameaça às instituições com riscos e até mesmo perdas financeiras. Por isso, este artigo é direcionado para as instituições de saúde que querem começar a definir uma estratégia de segurança digital, mas não sabem por onde começar. Confira a seguir algumas dicas!

Segurança como prioridade

Um dos erros mais comuns das instituições é se atentarem para a necessidade de uma estratégia de segurança bem definida apenas quando têm que lidar com alguma situação de ameaça real. A segurança da informação deve ser colocada na pauta diária de qualquer hospital com prioridade e não pode ser deixada em segundo plano. Isso porque os crimes cibernéticos acontecem de formas totalmente diferentes exigindo uma atenção contínua e muito maior do esquema de segurança adotado.

Definição da política de segurança da informação

A definição de uma política de segurança da informação é crucial para o sucesso na mitigação de riscos que as instituições passam a cada dia. Nessa política deve haver regras a serem seguidas por todos os colaboradores, sejam eles funcionários, sócios, fornecedores, como também organizações parceiras.

Além disso, deve-se definir muito bem como se classificam informações e todas as regras que serão seguidas. Para o sucesso dessas normas é importante oferecer um bom treinamento para todos os envolvidos. Além disso, é importante que os treinamentos sejam frequentes para que todos fiquem atualizados.

Diminuir vulnerabilidades

Além de definir a segurança da informação como prioridade da instituição, é necessário detectar as ameaças, já que detectá-las com rapidez é essencial para desenvolver uma estratégia de resposta efetiva. Portanto, essa tarefa requer uma equipe capacitada e ágil. Assim, trabalha-se de forma integrada entre prevenção e resolução de possíveis ataques virtuais. Soluções de backup e de recuperação de dados são boas aliadas, entretanto devem estar alinhadas com estratégias como monitoramento e criptografia de dados.

 Investir em infraestrutura

Precisamos tomar o caminho de investir em infraestrutura. Essa estratégia visa aumentar a segurança da informação da organização e para tal se faz necessária a aquisição de equipamentos. Além disso, soluções de TI trazem modernização para as instituições, porém nem sempre são de fato mais seguras do que modelos anteriores. É preciso perceber a infraestrutura como aliada na proteção da organização, além de ser necessário adotar novas tecnologias que estejam alinhadas às necessidades básicas de segurança.

É importante conhecer bem o seu hospital e saber identificar onde se encontram as vulnerabilidades. Descobrir o que há de mais novo no mercado para o seu setor também pode ajudar a manter seu ambiente corporativo mais protegido.

E-VAL Saúde, uma empresa do Grupo E-VAL

E-VAL Saúde é uma empresa especializada em certificação digital, segurança da informação com foco em assinatura digital, autenticação e proteção de dados, em especial para assinatura digital de prontuários eletrônicos do pacientegerenciamento eletrônico de documentos e demais documentos de seu hospital, operadora, laboratório ou clínica. A E-VAL Saúde tem mais de 10 anos de experiência no mercado da saúde.

Fale conosco, os especialistas da E-VAL Saúde terão o maior prazer em atendê-los, contribuindo para o desenvolvimento dos seus projetos e a melhoria contínua da segurança do seu hospital, operadora, laboratório ou clínica.

Até breve!