Proteção de Dados

Como combater fraudes na área de saúde validando com uso de assinatura digitais

As fraudes na área de saúde continuam a assolar e custar ao mundo bilhões de dólares por ano. A parte mais assustadora? Muito disso passa completamente despercebido por grande parte das instituições médicas.  

Em um estudo, conduzido pela Fundação AHIMA (American Health Information Management Association), descobriu-se que poucos casos de fraude são detectados. Aqueles que são constatados apenas aparecem após anos em que ocorreram as fraudes. O que nos levanta uma bandeira vermelha a respeito do assunto.

De fato, estamos apenas na ponta do iceberg em termos de sermos capazes de identificar e entender a fraude na área de saúde. Em grandes corporações, pode-se levar quatro ou cinco anos para documentar casos de golpe. Mesmo em consultórios médicos, é preciso muito tempo e mão de obra para identificá-los e resolvê-los.

No entanto, apesar da dificuldade em detectá-lo, uma coisa é muito clara. Fraude na área de saúde é a coisa mais lucrativa que você pode fazer se for um vigarista. 

Parar a fraude exige sistemas de registro de saúde, ferramentas de tecnologia e profissionais capazes e comprometidos em detectar e prevenir reivindicações falsas antes de serem pagas.

Bilhões pagos em reivindicações falsas alimentam às fraudes na área da saúde

Fraudes financeiras e declarações falsas são os tipos mais comuns de fraude na área de saúde. Isso inclui reivindicações falsificadas para serviços de saúde desnecessários, alegações adulteradas que incluem exagero proposital do valor, número, tipo ou complexidade do serviço prestado ou declarações ilegítimas que incluem serviços que nunca foram prestados ou não foram executados aos indivíduos reivindicados ou pelo provedor reivindicado.

O problema cada vez maior de fraude na área de saúde atrai a atenção no nível da rede pública e privada. Nos Estados Unidos, por exemplo, o governo Obama alocou um aumento de US$ 1,7 bilhão em cinco anos para apoiar o programa de Controle de Fraude e Abuso de Saúde, que foi projetado para coordenar as atividades policiais federais, estaduais e locais. 

A equipe de ação de execução e prevenção de fraudes em saúde americano, em um esforço combinado dos Departamentos de Justiça e Saúde e Serviços Humanos anunciou em maio de 2009, o combate direto às fraudes na área da saúde.

No Brasil, a preocupação não é diferente. Basta lembrarmos casos como a Máfia dos Sanguessugas em 2006 que desviava verba da compra de ambulâncias que beneficiava diferentes partidos políticos. 

Além disso, temos atualmente vários casos relacionados a crise sanitária atual, onde esquemas fraudulento de compras, em meio a pandemia de Covid-19, tem jogando luz sobre negócios públicos suspeitos envolvendo respiradores, aparelhos de proteção, máscaras e estruturas de hospitais de campanha, que movimenta uma cifra de 1,5 bilhão de reais e que se espalham por pelo menos dezoito estados brasileiros.

No setor privado não é diferente. A cada R$ 100,00 pagos pelos planos de saúde a hospitais, clínicas, laboratórios e médicos, R$ 15,00 correspondem a algum tipo de fraude. É o que mostra um estudo inédito do IESS (Instituto de Estudos de Saúde Suplementar) e da empresa PwC Brasil. Segundo o relatório, o total estimado com as fraudes chegou a R$ 22,6 bilhões em valores atualizados.

A fraude e o abuso no setor de saúde podem persistir – e até piorar – à medida que hospitais e prestadores de serviços continuam a adotar registros eletrônicos de saúde

Conforme a tecnologia muda, aqueles que pretendem cometer fraudes na área da saúde sempre estarão um passo à frente daqueles que estão tentando detectá-la.

Isso porque as soluções adotadas para registros eletrônicos de saúde tornam mais fácil para os ladrões fabricar informações. Por exemplo, os provedores podem facilmente produzir sinistros fraudulentos, porém críveis, criando episódios virtuais de atendimento que passam completamente pelo radar de uma seguradora. 

O roubo de identidade de pacientes e provedores também é uma possibilidade provável. Esses são apenas dois exemplos de como é fácil cometer fraudes em um ambiente eletrônico – tudo com o simples clique de um mouse.

Prevenção de crimes cibernéticos e fraude na área de saúde: assinaturas digitais

Conforme sugerido pelo nome, a assinatura digital se refere ao equivalente digital de uma assinatura manuscrita ou de um selo carimbado. Ela está sendo criada usando um algoritmo ou técnica matemática que é usada para validar a autenticidade e integridade de uma mensagem ou um documento eletrônico.

Esse tipo de assinatura oferece um alto nível de segurança inerente a qualquer forma de documento eletrônico. O uso de uma assinatura digital evitará as chances de adulteração e fraude no caso de qualquer comunicação eletrônica que contenha documentos digitalizados.

Assim como uma assinatura manual, a assinatura digital atribui origem, identidade e status a um documento eletrônico.

A assinatura digital inerentemente fornece um formulário de consentimento da pessoa que assina o documento. Elas são usadas não apenas para assinar os documentos, mas também para autorizar ou criptografar cartas de transação para qualquer outra forma de comunicação eletrônica.

A melhor coisa sobre a assinatura digital é que ela é amplamente aceita em todos os processos médicos e jurídicos que incluem organizações governamentais, empresas privadas, editoras ou bancos ou empresas privadas. E nosso caso, em instituições de saúde e profissionais médicos.

Uma assinatura digital tem a mesma validade e valor que uma forma mais tradicional de assinatura manuscrita em papel.

Componentes da Assinatura Digital

  • Nome

O nome do indivíduo é a primeira coisa que inclui uma assinatura digital. Qualquer pessoa que estiver usando a assinatura ou autorizando um documento digital para distribuição ou acesso deve ter um nome na assinatura. Isso reduz quaisquer chances de fraude que possam ser causadas por outra pessoa com o mesmo nome.

  • Informação pessoal

Além do nome completo do usuário, é necessário ter os dados de contato e endereço de e-mail também mencionados na assinatura digital. Ajuda na fácil localização da pessoa. No entanto, esses dados são criptografados e não podem ser acessados ​​por todos os indivíduos para garantir a privacidade do usuário.

  • Chave pública

Outro elemento importante de uma assinatura digital é uma chave pública. É exclusivo para cada assinatura digital gerada ou emitida. Esta é uma chave usada para criptografar o documento sendo autorizado. É essencial para o processo de verificação. A data de expiração da assinatura digital também é determinada por sua chave pública. Também é útil quando há necessidade de redefinir a assinatura.

  • Número de série

É outro componente que atua como um identificador exclusivo de uma assinatura digital. Ele é usado por uma autoridade de certificação. Também é de extrema importância garantir a viabilidade de uma assinatura digital.

Como funciona uma assinatura digital para combater fraudes na área de saúde?

O funcionamento da assinatura digital é baseado na funcionalidade combinada de chaves públicas e privadas. A funcionalidade de uma assinatura digital é apenas uma criptografia que forma a base deste sistema. 

O emparelhamento de chaves públicas ou privadas é usado para criptografar ou descriptografar um documento ao enviá-lo a um receptor para verificar a assinatura. A chave privada foi mantida com o proprietário do documento e é confidencial. Por outro lado, as chaves públicas são compartilhadas livremente.

O conceito usado pela tecnologia chamada ‘hash’ que é usado para gerar um identificador único denominado como uma assinatura, através do qual o documento é assinado.

Cada documento possui um hash exclusivo e, portanto, uma assinatura exclusiva. Isso está sendo feito para garantir que o documento seja exclusivo do proprietário e ninguém mais possa adulterar, reproduzir ou fazer cópias duplicadas do documento ou da assinatura.

A assinatura digital bloqueia adequadamente o documento para posterior edição e permite apenas usuários autorizados para o mesmo. Se qualquer alteração for feita sem tal autorização, será considerada ilegal, forjada e inválida.

E-VAL Saúde: Somos especialistas em Assinatura Digital

Sendo garantido que o conteúdo é válido diante da versão apresentada, é preciso legitimar a autenticidade da assinatura utilizada. Diferente da forma tradicional, vamos usar mais uma vez a assinatura digital para garantir o que foi assinado.

Para isso geralmente se usa chaves de criptografia que realizam toda a verificação sobre a autenticidade daquela assinatura, afastando de vez as chances de eventuais problemas com a integridade das informações.

Além disso, vale destacar a importância da assinatura digital nos processos de autenticação. Implantar tecnologias digitais associadas a emissão e gestão de documentos é o primeiro passo para reduzir riscos de fraudes, garantir a confidencialidade e evitar problemas com a integridade das informações de pacientes, médicos, fornecedores e da própria empresa.

A E-VAL Saúde tem se destacado no desenvolvimento de soluções críticas e tecnologias emergentes para a eliminação do papel e melhorias de serviços eletrônicos para a área da saúde. As soluções são focadas em segurança, certificação e assinatura digital para hospitais, laboratórios, clínicas e operadoras.

Com foco exclusivo no mercado de saúde e uma equipe altamente especializada, a E-VAL Saúde oferece soluções customizadas que trazem segurança e agilidade aos processos de hospitais, laboratórios, clínicas e operadoras de saúde.

Além da gestão de contratos, assinaturas eletrônicas e certificados digitais fornecem um alto valor de evidência para o arquivamento digital desses documentos. As instituições médicas podem usar essas ferramentas para evitar a formação de papel e para digitalizar documentos em papel existentes. 

Entre em contato hoje mesmo com o nosso time de especialistas para saber como a E-VAL Saúde pode ajudar sua organização a gerenciar seus contratos e todos os demais documentos e processos médicos.

E-VAL Saúde, uma empresa do Grupo E-VAL

A E-VAL Saúde é uma empresa especializada em certificação digital, segurança da informação com foco em assinatura digital, autenticação e proteção de dados, em especial para assinatura digital de prontuários eletrônicos do paciente, gerenciamento eletrônico de documentos e demais documentos de seu hospital, operadora, laboratório ou clínica. A E-VAL Saúde tem mais de 10 anos de experiência no mercado da saúde.

Fale conosco, os especialistas da E-VAL Saúde terão o maior prazer em atendê-los, contribuindo para o desenvolvimento dos seus projetos e a melhoria contínua da segurança do seu hospital, operadora, laboratório ou clínica.

Até breve!