Assinatura eletrônica

A ESG está crescendo cada vez mais, então qual seria a importância dela no setor da Saúde?

O termo ESG (Environmental, Social and Governance) foi cunhado pela primeira vez em 2005 em um estudo de referência intitulado “Quem se importa ganha” (Who cares wins), que consistia em recomendações específicas de membros do setor financeiro sobre como integrar investimentos ambientais, sociais e de governança em suas atividades.

Cerca de 15 anos depois, os critérios ESG se tornaram uma forma estabelecida para os investidores avaliarem as empresas nas quais eles gostariam de investir, ou não, conforme o caso, devido ao risco elevado que suas práticas de negócios podem representar.

Para as organizações de saúde, uma estrutura ESG exige energia sustentável e sistemas de gestão de resíduos, estimula o investimento na saúde da comunidade e exige que os líderes adotem a diversidade e a inclusão como deveres essenciais. 

Essas e outras iniciativas reconhecem o fato de que administrar um bom negócio de saúde exige um senso de responsabilidade comum.

Medir e reduzir o impacto é fundamental. Principalmente, nesse momento em que a pandemia afetou a saúde e o desenvolvimento global como os conhecemos. 

Não apenas paralisou o progresso feito nos objetivos de desenvolvimento sustentável, mas minou os orçamentos de muitos governos e empresas que trabalham para alcançá-los, tornando-se uma batalha cada vez mais difícil. 

ESG na Saúde: prioridades realistas e objetivos alcançáveis

ESG (Environmental, Social and Governance), em português, “Ambiental, Social e Governança” refere-se a estratégias que uma empresa pode aderir a fim de:

No entanto, por que as instituições de saúde devem se preocupar com o ESG? Confira no próximo tópico!

Qual a importância do ESG para área de saúde?

Para os hospitais e clínicas, a implementação de medidas ESG pode ajudar na manutenção da boa imagem institucional. Em resultado disso, é provável que a unidade de saúde se torne mais atraente para investidores e parceiros. 

Afinal, nenhuma empresa quer o seu nome atrelado a escândalos ambientais e administrativos. Assim, um hospital que segue os princípios ESG é mais confiável para negociações. 

Além disso, vale ressaltar que o modo como a instituição de saúde lida com questões relacionadas ao meio ambiente e a sociedade pode influenciar na decisão de um paciente utilizar os seus serviços ou optar pela concorrência. 

Isso acontece, porque com a facilidade de acesso de informações, muitos indivíduos se tornaram mais conscientes sobre a importância de ações sustentáveis e optam por unidades de saúde que estejam em harmonia com o seu posicionamento. 

Mas, na prática, como funciona o ESG para a saúde? Veja a seguir.

ESG – Como aplicar no setor hospitalar?

Nos serviços de saúde, é essencial garantir que a governança seja guiada com base no Código de Conduta e Ética. Também é preciso criar ações que visem o bem da sociedade. No caso do meio ambiente, o hospital precisa prestar atenção em aspectos, como:

  • Descarte correto de lixos ou resíduos hospitalares;
  • Redução da emissão de Gases de Efeito Estufa (GEEs);
  • Controle do consumo de recursos naturais (ex: água);
  • Entre outros. 

Pensando nisso, uma solução para assegurar a sustentabilidade na unidade hospitalar é a implementação de uma ferramenta de assinatura eletrônica, como a Madics Sign. Continue a leitura e descubra mais sobre isso. 

Como a Madics Sign pode ajudar sua instituição a ser sustentável?

De acordo com dados divulgados pelo TJAM (Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas), para a produção de 1kg de papel são utilizados 324 litros de água, apenas 1 folha de A4 consome 10 litros de água. Além disso, 50% dos resíduos das empresas são compostos por papel. 

Ao observar essas informações, é possível ver a importância da redução do consumo de papel para contribuir para a sustentabilidade. Afinal, a sua produção gasta enormes quantidades de um dos bens mais preciosos do planeta: a água. 

Porém, ao produzir papel também é utilizado outro elemento da natureza essencial para a vida: as árvores. Segundo os dados disponibilizados pelo The World Counts 93% dos papéis vem das árvores e, no período de 2001 a 2019, no mundo todo, foi perdido um total de 386 milhões de hectares de floresta.

Além disso, é um material que, muitas vezes, sofre o descarte inadequado, estima-se que no Brasil somente 37% do papel produzido vai para a reciclagem e, desses, apenas 2% serão destinados para a impressão. 

 

Sendo assim, ao considerar todos esses dados, fica claro que buscar uma alternativa para diminuir o consumo de papel é contribuir para a preservação do meio ambiente. Nesse sentido, a Madics Sign pode ser útil. 

Benefícios de utilizar a Madics Sign

A Madics Sign é uma ferramenta de assinatura eletrônica avançada, que permite a integração com o PEP e mantém a recomendação de assinatura digital ICP-Brasil, eliminando a necessidade de registros impressos e, consequentemente, reduzindo o uso de papel

Confira as vantagens de usar essa solução:

  • Elimina a necessidade de papel e impressões;
  • Segue os critérios definidos pela Lei 14.063/20 e outros regulamentos específicos;
  • Reduz os custos de armazenamento e impressão;
  • Permite a integração com sistemas hospitalares, por exemplo, MV, Philips Tasy, AGFA;
  • Diminui os riscos de fraudes;
  • Entre outras. 

Que tal conhecer a Madics Sign? Garanta que sua instituição de saúde se adeque aos princípios do ESG e, ao mesmo tempo, aproveite os benefícios da assinatura eletrônica. 

E-VAL Saúde, uma empresa do Grupo E-VAL

A E-VAL Saúde é uma empresa especializada em certificação digital, segurança da informação com foco em assinatura digital, autenticação e proteção de dados, em especial para assinatura digital de prontuários eletrônicos do paciente, gerenciamento eletrônico de documentos e demais documentos de seu hospital, operadora, laboratório ou clínica. A E-VAL Saúde tem mais de 10 anos de experiência no mercado da saúde.

Fale conosco, os especialistas da E-VAL Saúde terão o maior prazer em atendê-los, contribuindo para o desenvolvimento dos seus projetos e a melhoria contínua da segurança do seu hospital, operadora, laboratório ou clínica.

Até breve!